quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Carta para Host Family



Olá amores, tudo bem com vocês?

Hoje deixarei aqui a carta que fiz para Host Family, ficou um pouquinho grande porque eu quis soltar o verbo mesmo. Espero que vocês possam usar como inspiração. Bjus

Hello Dear Host Family,

I would like to start saying that I really appreciate that you have chosen my letter to be read.

My name is Danusia, I am a Brazilian girl who would love being an Au Pair in the United States.
I live in São Paulo City, which is the biggest and most important city in Brazil. I love living here because I have access to a lot of culture and entertainment, I enjoy spending my time off with my friends and family, we often eat out, go to the movies, to parks and museums. I also enjoy going to nightclubs to dance and have fun with my friends.
Whenever I have time and money I travel because it is one of my passions! I love making new friends, meeting new people and getting to know new cultures and places. In my humble opinion, traveling is the best way to broaden our minds and soul. At home, I enjoy surfing on internet, reading, organizing my things, cooking and baking.

My family is my mother, Deusa (48 years old - housewife), my stepfather, Carlos (48 years old - Security Guard), my father, Eliseu (51 years old - mechanic), my younger sister Dalila (22 years old - college student and Certification Assistant) and my halfbrother, Mauricio (28 years old - businessman).
My parents got divorced 18 years ago, but they have always been good friends and they both were very present in our lives. They are really loving and caring with us, but they are also very strict when the subject is education and good manners, that's why my siblings and I grew up being very responsible and polite.
They always taught us that if we truly want to reach something in life, we should give our best to achieve it and never get short ways and because of this, we became very hardworking, focused and involved with everything we do.

Two years ago, my sister and I decided to leave home, so we could get even more independent. mature and responsible and that's exactly what has happened. Having this experience of living by myself was wonderful for my personal growth.

Here in Brazil, I work as a Contract Analyst and I have worked in the same company for 9 years. I started working very young and it was the best choice I ever made because nowadays I see that although I am still young, I am much more independent, mature and responsible with my duties and my own money than most of my friends who are the same age as I am.

I decided to become an Au Pair because I see this program as a lifetime experience since I will be able to be part of a different Family and hopefully build strong bonds with them; take care of kids, which I love doing; live abroad and improving my English; what I need for my professional growth in Brazil and making new friends, having new experiences and getting to know new places and cultures which will bring me a huge personal growth.
Now, let's talk about what really matters: my experience with kids.
I started working as a nanny when I was a teenager and I worked with this for 2 years, after this I would work on weekends as a babysitter.
Since I decided to become an Au Pair, I started working as a nanny on weekends to get recent experiences with kids and during this period I took care of:

- Arthur, newborn, for 6 months.
- Lorena, 5 months old, for 3 months.
- Miguel, 3 years old, for 3 months.
- Pedro, 3 years old, for 2 months.
- Livia, 3 years old, for 2 months.

While I was with them, I was totally responsible for everything they needed, I would change diapers and clothes, help the older kids with Activities of Daily Living (brush hair and teeth, use the bathroom, wash hands, take shower), bath the babies, make their meals and feed them, make bottle and feed them and do the recreation part (do arts and crafts, play games and activities that would stimulate them and make they waste their energy, sing and dance along, read and tell stories) and also go out with them (take them to parks and to the playground).
I thought it would be better to have experiences with many kids because I would get skilled to deal with kids from different personalities.
I was also a volunteer in an Organization that helps an Indigenous Village, I would talk to the community and ask for donations and I would also stay with the kids on Sundays, we would play with them, teach them some subjects and do a cleaning on their recreation area.
In my job, since I have started working there, I am a teacher in a project that teaches courses to teenagers, I usually teach them 3 subjects: Portuguese and Communication; Environment and Organizational Behavior. It is a wonderful and very rich experience because I have to deal with 20 teenagers at the same time and I really have to stimulate them.

About my driving experience: I got my Driver License 5 years ago, I have my own car and I drive every single day and although São Paulo is a very big, busy and crowded city, I have never been in a car accident. I am a very skilled driver, very cautious and calm and I feel totally comfortable driving with kids in the car, so my host parents will be able to count on me to drive their kids to any appointments they may have.

I will become an Au Pair with my heart and arms open, I am willing to love and take care of your kids as if they were mine, with the same respect I have always received from my family and I truly expect to have a Host Family to respect me as well, be fair with me and I also be patient with me, since I know it won't be easy to communicate in a foreign language.

I’ll be glad to have the opportunity of talking to you and answering questions you might have about me or my experiences with kids. I also would like to know more about your family and interests. We’ll surely have so many things to talk about.

Thank you for taking your time for reading my letter until the end and I am so sorry for any English mistake I might made. I’m looking forward to hearing from you.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Character Reference APIA

Olá meus amores =)

Hoje o assunto é bem breve, vim falar sobre a referencia de caráter, sim isso é preciso e eu não sabia hahahaha

Enfim, foi mais simples do que imaginei, só você pedir para alguém que te conheça há um tempo razoável preencher o formulário da APIA o qual traz 10 perguntas que são as seguintes:

1- Como você conheceu a candidata?
2- Há quanto tempo você conhece a candidata?
3- Como você descreveria a personalidade e caráter da candidata?
4- Se foi professor (a) da candidata, por favo, especifique o tipo de curso e forneça maiores detalhes da candidata com relação aos interesses e habilidades que a mesma demonstrou durante o curso.
5- Por favor dê sua opinião de como a candidata lidaria com situações de stress.
6- Por favor dê sua opinião de como a candidata se adapta a novas situações e novas culturas.
7- Você tem conhecimento se a candidata cometeu algum crime?
8- Você tem conhecimento se a candidata apresenta algum problema de saúde?
9- Por que você recomenda a candidata para ser uma Au Pair? Por favor forneça informações detalhadas.
10- Por favor forneça alguma informação adicional sobre a candidata que seja de interesse da família hospedeira.

Viram? Não são perguntas tão difíceis assim e o aconselhável é que a pessoa que responda esse questionário tenha sido um professor, coordenador de trabalho/algum projeto que você participou ou até mesmo seu chefe se assim você achar ideal. Eu falei com um professor de inglês que conheço há bastante tempo e uma colega de trabalho que conheço há dois anos e tem um cargo maior do que o meu, assim eu eliminei essa pendência do application.

Bom, como sempre desejo boa sorte a todos e qualquer dúvida fiquem a vontade para perguntar que terei prazer em ajudar.

Beijos e abraço povo lindoooooo!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Borboletas no estômago

Olá meninos e meninas do meu BR =)

Hoje preciso desabafar a loucura que está a minha vida, estou trabalhando e tentando preencher o application até a próxima semana para ganhar o desconto 200 doletas com a promoção que a Experimento está oferecendo , também nessa mesma semana soube que o embuste do meu ex voltou com a ex dele, sim, assim tão rápido, mas além disso aqui na empresa meu chefe já está se preparando e contratando uma menina que ficará no meu lugar (o que é ótimo por sinal). Sabe, a ficha está começando cair e estou com borboletas no estomâgo, nossa é inexplicável. Começa passar um filme na cabeça de todo o tempo que me dediquei e estou reflexiva pensando como será meu intercâmbio, tudo tem um porquê e tem um motivo para estar tudo caminhando, mesmo que em alguns aspectos eu precise passar pela dor para depois enxergar o verdadeiro sentido de todos esses acontecimentos.

Meu Deus o que será que me aguarda na terra do Tio Sam? Estou tão feliz em ver que sou uma pessoa focada e sai esperar o momento certo, também em ter deixado meu ex que me subestimava e hoje vejo que eu estava envolvida em algo totalmente abusivo e nada recíproco. Mas lá no fundo ainda tenho aquelas borboletas no estômago, acho que é aquela história do apego x encarar o novo, como será minha vida que eu deixar meus 9 anos da minha rotina na empresa? Gente é tanto questionamento, por favor me digam que não sou a única, please. rs

Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo pela primeira vez na vida estou tomando remédios para ansiedade e também voltei à terapia, mas acredito que é para o meu bem, que no futuro vou estar melhor. Bom, as vezes sinto que não tenho tempo de esvaziar meus sentimentos sabe? Eu moro sem meus pais, ultimamente estou com tanta coisa pra resolver e mau vejo a hora de ficar online, estou mega ansiosa, junta isso com decepção amorosa e o choque de realidade em preparar alguém para meu lugar, sério, é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo.

Me pego forçando-me a pensar positivo e pratico gratidão diariamente, creio que coisas muito melhores estão por vir. Torçam por mim.


Xoxo

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Referências com crianças APIA

Olá meninos e meninas do meu BR hahaha

Finalmente consegui completar minhas referências com crianças. Nossa gente nunca imaginei que isso daria tanto trabalho, pelo menos comigo observei que muita gente estava com má vontade para dar as referências, era só eu falar que era para um intercâmbio que a pessoa me deixava falando ou torcia o nariz, mas graças a Deus consegui ajuda de amigos próximos para finalizar essa etapa, eu nunca vou esquecer de cada pessoa que me ajudou com isso, porque sério mesmo, nunca achei que demoraria tanto para conseguir.

Bom, na APIA você tem dois formulários um em português e outro em inglês, caso a pessoa não saiba falar inglês obviamente vai preencher o formulário em português, mas de qualquer forma você deverá preencher o formulário em inglês traduzindo o que ela escreveu, certo? Entendido? Vejam só o modelo de formulários que temos na APIA:

Clique nas imagens para ampliar





No application vai aparecer da seguinte forma:



No entanto eu trabalho, sim sou CLT das 07 às 17hs, então como consegui as experiências? De onde tirei tempo?



Não foi tão simples, mas acredite é possível. Eu faço trabalho voluntário a dois anos em uma tribo indígena onde me dedico à atividades com as crianças, também dou aula voluntariamente em um programa profissionalizante para jovens aqui na empresa desde 2011, só que eu precisava principalmente de experiência com crianças menores onde eu fosse totalmente responsável por elas, portanto foi quando me disponibilizei para trabalhar durante a semana a noite , aos sábados pela manhã e nas minhas férias para cuidar de filhos de amigos e conhecidos. Sabe quando os pais precisavam ir à academia, estudar ou até mesmo trabalhar? Então ofereci meu trabalho voluntário para cuidar de seus filhos e em troca de que? Apenas das referências para meu processo de Au Pair. Foi assim que consegui 500hs com um recém nascido fofo demais chamado Artur, 300hs com uma baby linda de 5 meses, 780 horas com crianças de 3 à 4 anos, 384 horas no trabalho voluntário da aldeia com crianças de 01 à 10 anos e 446 horas com adolescentes, totalizando 2410 hs.

Minha dica é a seguinte: Comecem o quanto antes, antes mesmo de eu preencher o application sempre que tinha oportunidade tocava no assunto com amigos e conhecidos, claro alguns se mostraram de má vontade quando eu falava do intercâmbio, mas isso nunca fez eu desistir e nem perder essa cara de pau que tenho, então eu chegava e oferecia minha ajuda, se aceitar bem, se não bem também hahaha

Termino dizendo que continuo desejando boa sorte a nós. Dúvidas? Pode deixar nos comentários que responderei com prazer. =)

Xoxo

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Preenchendo o Application Form



Olá pessoal, tudo bem?

No último final de semana comecei a preencher o application form e para minha surpresa está sendo mais simples do que imaginei rs

Na minha agência funciona da seguinte forma: Quando você faz sua inscrição na Experimento logo em seguida você recebe um e-mail com orientações para você criar seu login e senha no site da APIA para ter acesso a plataforma e iniciar o preenchimento do tão temido application.

Agora vamos ao que interessa, o passo-a-passo (clique nas imagens para ampliar):

1 - PERSONAL

Você vai preencher seus dados pessoais básicos, tais como: nome, data de nascimento, local de nascimento, nº passaporte, etc.



2 - CONTACT

Aqui você irá colocar seus dados para contato: Skype, celular, e-mail, etc.



3 - TRAVEL & PROGAM

Agora você irá responder algumas perguntas sobre o tipo de programa que vai participar, período que pretende ficar online, se você já visitou os EUA, etc.



4 - HOBBIES & INTERESTS

Nessa parte é hora de falar dos seus hobbies e não se esqueça que é muito importante ser franco(a), principalmente na parte em que pergunta sobre seu nível de natação para que você não se prejudique tendo a infelicidade de ser escolhido(a) por uma família que tenha uma expectativa diferente da sua realidade.



5 - DRIVING

Outra parte que acho que você deve ser muito sincero, pois é nessa etapa que você vai dizer se tem muita ou pouca experiência dirigindo, em quais lugares já dirigiu, se já se envolveu em acidentes, volto a falar, muito cuidado para que você não corra o risco de ir para uma família com expectativas além da sua realidade.



6 - CHILDCARE SKILLS

Sabe todas aquelas horas que você tem porque fez trabalho voluntario, se dedicou aos finais de semana cuidando de filhos de amigos ou qualquer outro tipo de experiência com crianças? Então, é nesta etapa que você vai falar sobre a idades das crianças das quais você possui experiência, com qual frequência trocava uma fralda, preparava mamadeira, colocava a criança para dormir, etc.



7 - EDUCATION

Aqui eu tive mais dificuldade do que os demais, veja que você tem que escrever sobre o que estudou durante sua vida desde o ensino médio até a faculdade ou MBA caso você tenha ou até mesmo aquele cursinho técnico que você fez pode colocar também, isso mostra que você gosta de estudar, que tem conhecimento em diversos assuntos e também que é uma pessoa responsável por ter concluído todos os seus estudos. Tem uma pergunta interessante no final, a seguinte: "Você pretende ir para a universidade ou faculdade quando voltar ao seu país?" Já pensou sobre isso? Pense e escreva algo, eu mesma pretendo porque nunca quero parar de estudar, então nessa parte eu escrevi bastante, hahaha



8 - WORK EXPERIENCE

Outra parte extensa, pois você tem que falar todas suas experiências profissionais, descrever as suas responsabilidades em cada uma delas e inclusive falar sobre os trabalhos voluntários que você já fez. Outra pergunta interessante no final: "Qual trabalho ou carreira você pretende ter no futuro?" Pense numa resposta legal e capriche.



9 - MEDICAL & HEALTH

Bem simples, só responder perguntas sobre sua saúde, informar se tem algum tipo de alergia, informar se fuma ou não ou se já teve alguma antecedência criminal.



10 - PREVIOUS EXPERIENCE

Essa é a parte mais simples na minha opinião. Vejam que é preciso apenas selecionar se você já participou do Au Pair e obteve o visto J1 alguma vez. Easy...easy



Bom é isso ai, juro que achei que seria muito mais complicado, mas eu me surpreendi positivamente. A minha dica é: Faça com calma, revise, na dúvida não responda, confira e tire suas dúvidas com conhecidos ou até mesmo no google tradutor, mas nunca responda na dúvida, pois mau entendidos podem atrapalhar.
Por fim, boa sorte a todos que estão no processo e espero ter ajudado.

Xoxo

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Agora vai

Sim, agora vai de verdade hahahaha

Finalmente me inscrevi em uma agência: Experimento...uhuuuuuuuuuuu

Vocês podem consultar o valor necessário para investir nesse intercâmbio nesse link aqui Investimento

No momento estou distribuindo os formulários childcare reference and character reference e já criei meu login no site da APIA informando meus dados pessoais para dar inicio ao tão temido Application. Portanto, voltarei em breve com novidades do processo por aqui. =)

Quanto ao prazo informado anteriormente, foi apenas uma confusão da primeira unidade que fui e devido a minha insatisfação com o atendimento eu decidi mudar para a unidade Paulista onde fui muito bem atendida e informada que tenho que ficar online até 26 anos e 4 meses, ou seja não é tão desesperador assim como haviam me falado...Graças ao PAI!

E aquela história de estar apaixonada, ceis lembram? ACABOU tudo, ta sendo bem difícil, mas estou superando cada dia. Meu Deus o que eu faria com uma pessoa que não respeita meus sonhos? Não dá!


Bom por enquanto é isso, tirando as crises de ansiedade está tudo bem, espero ficar online logo.

Bjus de luz